Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

A SAÚDE DO RECÉM-NASCIDO E DO BEBÊ

Atualizado em: 28/05/2018 às 10h40

26mai18, NBellesi, CLIMEP – Saúde significa bem estar mental, físico e social. O nível de saúde de um indivíduo é aquilatado entre o completo bem estar e sua ausência. Não existe saúde perfeita e a falta completa de saúde configura-se como a interrupção da vida. Entre esses pontos existem diferentes gradações de saúde, desde a saúde quase perfeita, em que o indivíduo vive a plenitude de sua existência, o clímax da felicidade, e o outro extremo, em que a vida passa a não ter sentido, insinuando-se para a extinção.

 

O bem estar constitui-se o mais importante valor da saúde e da própria vida. Inúmeros óbices contribuem para reduzir o bem-estar. A promoção da saúde e a prevenção de doenças visa aperfeiçoar a qualidade de vida, para que seja mantida em sua melhor plenitude, evitando degradação. Outros cuidados são voltados para restauração, cuidados com o paciente (enfermo).

 

A promoção da saúde e a prevenção de doenças de um novo ser humano devem começar antes da gestação, com o preparo do casal procriador, para que estejam em sua melhor forma para a reprodução. Desta forma devem identificar e tratar eventuais alterações da saúde, as evidentes e as ocultas, atualizar vacinações, não usar drogas (tabaco, álcool entre outras), praticar atividade física, manter ou ajustar o índice de massa corporal, preparar-se mental e harmoniosamente para a nova fase da vida em que vão se dedicar à gestação, ao parto e aos definitivos cuidados com o novo ser.

 

O acompanhamento médico-obstétrico desde o início e por toda a gestação constitui-se o passo seguinte para seguir o desenvolvimento do embrião, do feto e do recém-nascido, configurados por exames médicos, laboratoriais e de imagens periódicos, alimentação e atividade física balanceadas, controle da ansiedade, manutenção das vacinações dos pais e das demais pessoas que manterão contato mais próximo e frequente com o bebê, preparo físico e mental para o parto, aparelhamento do ambiente, das roupinhas e acessórios para o bebê, treinamento do casal, como através do Curso para Gestantes da Climep, consulta pediátrica pré-natal, entre vários outros.

 

O parto constitui-se a etapa seguinte. O parto natural deve ser preferido ao parto cirúrgico, pelos efeitos benéficos vitalícios para o bebê que vai nascer e para a mulher. Somente quando o parto natural representar risco para o feto e para a gestante, o parto cesariano deverá ser instituído. O nascimento deve ser acompanhado por médico pediatra neonatologista que providenciará para que o recém-nascido seja colocado para mamar logo nos primeiros minutos do nascimento, pois sendo retardado, pode perder o reflexo da amamentação presente ao nascimento.

 

Além do exame pediátrico neonatal estão disponíveis testes de triagem neonatal para a sondagem de alterações que não são detectáveis clinicamente pelo médico e que, quando manifestos, já terão ocasionado malefícios irreversíveis com comprometimento da existência.

 

TRIAGEM NEONATAL oferecida pela CLIMEP
Testes do pezinho, orelhinha, olhinho, coraçãozinho, linguinha, e de imunodeficiências e risco atópico (alergias)
Amostra de sangue para testes do pezinho (e de imunodeficiências) deve ser coletada a partir do quarto dia do nascimento (Ministério da Saúde). Para melhores resultados e conforto da mãe puérpera e do bebê toda a TRIAGEM NEONATAL da CLIMEP é oferecida numa única manhã, juntamente com as vacinações do bebê, pais, cuidadores e familiares.

 

O aleitamento materno exclusivo nos primeiros quatro a seis meses de vida é fundamental para promover a saúde do bebê com efeitos positivos para toda a vida.

 

Newton Bellesi, médico infectologista e imunoalergologista, CRM-PA 765, RQE 2483 e RQE 5110, nbellesi@climep.com.br.

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você








Atendimento por Whatsapp









Atendimento por Email









Consulte Preços








Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações