Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

SARAMPO – PARÁ LIDERA CASOS NO BRASIL EM 2019

Atualizado em: 23/05/2019 às 15h06

Dos 83 casos de sarampo ocorridos no Brasil este ano, 43 deles foram registrados no Pará, considerado o primeiro estado no ranking de ocorrências do país. Os números divulgados pelo MInistério da Saúde preocupam, mas segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), ainda não há registro de óbitos em 2019. Duas mortes ocorreram no Estado em 2018.

 

 

De junho de 2018 a 10 de maio deste ano, já foram 129 casos confirmados de sarampo no Estado.

 

 

Os municípios com mais casos confirmados, entre junho de 2018 e maio de 2019 no Pará, foram: Santarém (42), Prainha (39), Monte Alegre (16), Belém (9), Curuá (8), Juruti (6), Jacareacanga (4), Itaituba (2), Alenquer (1), Aveiro (1) e Faro (1).  Os perfis dos pacientes confirmados eram do sexo masculino (53,3%), faixa etária < 1 ano (23%), seguida de 20 a 30 anos (18,2%). A partir de casos suspeitos, 13.9.587 pessoas foram vacinadas em bloqueios vacinais.

 

 

Há três anos, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo. Mas, em março deste ano, o MS confirmou à Opas um caso de sarampo endêmico ocorrido no Pará, em fevereiro. Surtos ocorreram também nos estados do Amazonas e Roraima, todos iniciados em 2018. Assim, o Brasil perderá a certificação de país livre da doença e precisa iniciar um plano para retomar o título dentro de 12 meses.

 

 

Casos de sarampo em outros estados brasileiros

 

Ainda de acordo com o Ministério da Saúde, seguido dos 43 casos ocorridos no Pará este ano, o destaque fica para 27 casos em São Paulo, quatro no Amazonas, três em Santa Catarina, três em Minas Gerais, dois no Rio de Janeiro e um em Roraima. Os demais casos foram importados de outro país ou ainda não foi possível identificar a fonte de infecção.

 

De janeiro a maio de 2018, o ministério havia notificado 117 casos de sarampo no país, com dois óbitos (ocorridos no Pará). Os demais casos foram importados de outro país ou ainda não foi possível identificar a fonte de infecção.

 

Dos casos importados, 19 deles ocorreram em um surto da doença dentro de um navio de cruzeiro em Santos, no litoral paulista. O mesmo navio também provocou três casos de sarampo em Santa Catarina e um caso no Rio de Janeiro.

 

O que é o sarampo?

 

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmitida pela fala, tosse e espirro, e extremamente contagiosa, mas que pode ser prevenida pela vacina. Pode ser contraída por pessoas de qualquer idade.

 

Quais são principais sinais e sintomas?

– Febre alta, acima de 38,5°C;

– Dor de cabeça;

– Manchas vermelhas, que surgem primeiro no rosto e atrás das orelhas, e, em seguida, se espalham pelo corpo

– Tosse;

– Coriza;

– Conjuntivite;

– Manchas brancas que aparecem na mucosa bucal conhecida como sinal de koplik, que antecede de 1 a 2 dias antes do aparecimento das manchas vermelhas.

Fonte: Portal do Ministério da Saúde.

 

 

Prevenção

A partir da união dos vírus enfraquecidos do Sarampo, Rubéola e Caxumba, a Triviral ou Tríplice Viral é tida como uma das vacinas mais seguras justamente por sua composição, que engloba alguns dos vírus mais comuns que atingem os seres humanos. A vacina também é composta da proteína do ovo de galinha e em alguns casos podem ter lactoalbumina – proteína advinda do leite da vaca.

                                                                

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você








Atendimento por Whatsapp









Atendimento por Email









Consulte Preços








Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações