Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

Porque vacinações de gripe e pneumocócicas são tão importantes?

Atualizado em: 10/04/2018 às 14h56

A Gripe é doença pestilencial ainda não controlada pela humanidade. O vírus da gripe influenza compromete 5% a 20% da população mundial todo ano. A principal carga global de doença em todo o Mundo são pneumonias (OMS). (1) O pneumococo é a mais importante causa de morte prevenível por vacinação (OMS). (2)

Existem vacinas seguras contra gripe e pneumonia indicadas para crianças e adultos. Prevenir sofrimento e tragédias causadas por todas as doenças imunopreveníveis, com benefícios para toda a vida, pode ser mais econômico que o seguro anual do automóvel.

O que é Influenza (gripe)?

Influenza é o vírus da gripe, que tem vários subtipos e reservatório (hospedeiros). Os reservatórios conhecidos do vírus na natureza são as aves, os suínos, os equinos, as focas e o homem. Em geral, a transmissão ocorre dentro da mesma espécie, exceto no caso do porco, cujas células têm receptores para os vírus humanos e para os aviários.

Os vírus influenza A podem sofrer alterações em sua estrutura genética e antigênica, por meio de mutações, o que propicia a ocorrência de surtos e epidemias anuais. O vírus do tipo A é mais susceptível a variações antigênicas, o que motiva a existência de diversos subtipos.

O subtipo H1N1 é causado pelo vírus A, que, devido a mutações (modificações em sua estrutura), foi transmitido dos porcos aos humanos e passou a se propagar de pessoa para pessoa, principalmente por meio de tosse, espirro ou de secreções respiratórias de pessoas infectadas. Por ser um subtipo novo, para o qual os seres humanos ainda não desenvolveram anticorpos, o H1N1 ataca com mais facilidade o homem. Até o momento, não há nenhuma evidência de que a vacina contra a gripe comum proteja também contra a gripe do vírus A (H1N1).

O que são doenças pneumocócicas?

As doenças pneumocócicas são desenvolvidas a partir de uma bactéria formada por 90 compostos imunologicamente diferentes. São dividas em: invasivas (pneumonias bacterêmicas, meningite, artrite e sepse) e não-envasivas, (sinusite, otite média aguda, conjuntivite, bronquite e pneumonia.

A transmissão acontece, principalmente, por meio das gotículas de saliva e muco, quando as pessoas infectadas espirram, por exemplo. É mais comum que crianças pequenas sejam as principais transmissoras.

Onde encontrar essas vacinas? aqui!

 

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você








Atendimento por Whatsapp









Atendimento por Email









Consulte Preços








Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações