Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

Porque Manter Atualizadas As Vacinações?

Atualizado em: 01/02/2018 às 17h08

Juntamente com a água potável a vacinação constitui-se uma das maiores conquistas da ciência e da humanidade para preservar a vida, evitar sofrimento.

 

As dez infecções que mais ocasionaram doenças, incapacidades, sofrimento e perdas de vidas no século passado foram erradicadas ou controladas através de vacinações.

 

Comparação histórica da morbidade por doenças preveníveis por vacinações nos EUA, entre o período pré-vacinal (ppv) e 2006.
Infeções / condições preveníveis através de vacinaçõesNº médio anual de casos no ppvNº de casos notificados em 2006Redução (%) de casos entre o ppv e 2006.
Difteria21.0530100
Sarampo530.2175599.9
Caxumba162.3446.58495.9
Coqueluche200.7521.63292.2
Poliomielite aguda19.7940100
Poliomielite paralítica16.3160100
Rubéola47.7451199.9
Síndrome da rubéola congênita152199.3
Varíola29.0050100
Tétano5804192.9

 

As duas infecções que mais anos de vida perdidos ocasionaram no século passado – a varíola e o sarampo – foram erradicadas nas Américas, a primeira em todo o Mundo. NB Essas doenças causaram a morte de quase 1 bilhão de pessoas.

VACINA

A vacinação está incluída entre as principais causas do aumento da duração da vida em todo o Mundo, que no século passado dobrou de cerca de 40 anos no início dos anos 1900 para cerca de 80 no início dos anos 2000.

Um estudo do CDC (US Centers of Disease Control and Prevention) considerou a vacinação como o principal fator de aumento da expectativa de vida nos EUA no século passado.

 

As poucas vacinas desenvolvidas (descobertas) até hoje (seria bom que tivéssemos muito mais, como para diabetes, hipertensão, aterosclerose, HIV) previnem dezenas de infecções e centenas, talvez milhares de doenças e suas complicações, incluindo incapacidades e a interrupção precoce da vida.

ATUALIZAÇÃO DAS VACINAS 

Num período de seis (6) meses a um ano é possível atualizar todas as vacinações licenciadas no Brasil pela ANVISA. O Ministério da Saúde, através do SUS, oferece algumas dessas vacinas (asterisco no formulário verde de avaliação da condição vacinal e encaminhamento) nos postos de saúde.

 

As vacinações constituem-se um dos itens mais econômicos do orçamento doméstico médio. Compara-se a atualização das vacinações, constituído de benefícios pessoais e comunitários vitalícios, ao seguro do carro, aos cuidados com as unhas (manicure), com os cabelos (cabeleireiro), à educação, ao cinema & pipoca do final de semana, à gasolina do carro, como está melhor apresentado no quadro a seguir:

 

DespesaR$ / ano
Educação (creche, escola, faculdade)

(R$600 / mês x 12 meses)

7.200,00
Gasolina (100 / semana x 52 semanas)5.200,00
Seguro de carro (200 / mês x 12 meses)2.400,00
Cuidados com as unhas, manicure (35 / semana x 52 semanas)1.820,00
Cuidados com os cabelos (300 / mês x 12 meses)3.600,00
Lazer, como cinema com pipoca, barzinho, restaurante (50 / semana x 52 semanas)2.600,00
Dinheiro do lanche (5 / dia = 50 / semana x 52 semanas)2.600,00

 

Com o equivalente ao seguro do automóvel por um ou dois anos, ou muito menos, é possível atualizar a vacinação de qualquer pessoa; com o equivalente aos cuidados de um ano com as unhas, ou muito menos, é possível fazer um upgrade anual das vacinações, mantendo-as atualizadas.

 

VACINE-SE POR VOCÊ, VACINE-SE POR TODOS.

A vacinação é importante para prevenir infecções na pessoa vacinada e entre conviventes. Uma pessoa infectada pelo vírus da gripe, por exemplo, o transmite para outras 10 pessoas de seu convívio, especialmente familiares e colegas da escola e trabalho.

Uma pessoa imunizada não transmite para nenhuma. A OMS (Organização Mundial de Saúde e muitas outras instituições internacionais e nacionais consideram as OPORTUNIDADES PERDIDAS DE VACINAÇÕES (OPV*) a principal causa de doenças e mortes causadas por doenças que podem ser prevenidas por vacinações.

 

* OPV constitui-se qualquer ocasião em que paciente e acompanhantes têm contato com profissional, ou serviço de saúde sem ter sua condição vacinal considerada.

QUEM DEVE VACINAR-SE?

CRIANÇAS, PROFISSIONAIS DE SAÚDE E PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO CONSTITUEM-SE OS PRINCIPAIS AGENTES DE TRANSMISSÃO DE DOENÇAS imunopreveníveis (doenças que podem ser prevenidas por vacinações).

A NR (Norma Regulamentadora) 32 do Ministério da Saúde torna obrigatória a vacinação de profissionais de saúde. Em várias partes do Mundo, incluindo países inteiros, a vacinação é obrigatória para esses grupos, sem as quais (atualizadas) não podem frequentar escolas e estabelecimentos de saúde.

 

Atualmente os pneumococos constituem-se os agentes de infecções e doenças imunopreveníveis (incluindo suas complicações) que mais matam – cerca de 5 milhões de pessoas / ano) – em todo o Mundo. A ‘gripe condena, o pneumococo executa’, dogma médico indicando a relação entre gripe e doença pneumocócica, ambas doenças evitáveis por vacinações.

 

Newton Bellesi, médico diretor da CLIMEP, especialista em infectologia, alergologia e imunologia clínica, CRM-PA 765, nbellesi@climep.com.br.

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você








Atendimento por Whatsapp









Atendimento por Email









Consulte Preços








Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações