Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

Número De Crianças Obesas Continua A Aumentar

Atualizado em: 02/11/2017 às 13h15

 

APA, 23fev15 – A luta global contra a obesidade em crianças alcançou apenas uma ligeira margem de sucesso. Segundo um estudo publicado na revista “The Lancet”, o número de crianças obesas aumentou significativamente nos últimos 30 anos. Até mesmo países nos quais a subnutrição ainda é um enorme problema são afetados pela obesidade.

 

De acordo com as estimativas dos pesquisadores liderados por Boyd Swinburn, da Universidade de Auckland (Nova Zelândia), as crianças norte-americanas, comparadas a 30 anos atrás, pesam, em média, cinco quilos a mais e consomem 200 quilocalorias a mais por dia. Embora o número de crianças com sobrepeso esteja declinando em algumas cidades e regiões, os pesquisadores enfatizaram que não há uma queda geral das taxas em nenhum país.

 

Principalmente em países de média e baixa renda, como o México, a China ou a África do Sul, algumas crianças com menos de cinco anos continuam subnutridas e raquíticas. Mas, ao mesmo tempo, a parcela de crianças obesas nesses países aumentou. No Brasil, a taxa atingiu sete por cento no início da década de 1970 e 25 por cento em 2010.

 

Os cientistas demandam estratégias de combate ao problema do setor alimentar, bem como dos governos. Os pesquisadores criticaram que, até 2010, somente um em quatro países implementou uma política de alimentação saudável. Os médicos reivindicam políticas que regulem as informações nutricionais, como disponibilidade, preço e padrões de produtos alimentares.

 

Eles também instam as empresas a mudar as suas práticas de comercialização. O consumo de alimentos saudáveis não deve ser colocado em risco pela propaganda de produtos competitivos, menos nutritivos.

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você








Atendimento por Whatsapp









Atendimento por Email









Consulte Preços








Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações