Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

Descubra a importância dos testes neonatais para o bebê

Atualizado em: 02/02/2018 às 10h43

O acompanhamento regular do bebê é muito importante não somente durante o pré-natal, como também após o nascimento. Realizando alguns testes neonatais – nos primeiros minutos e dias de vida – é possível diagnosticar precocemente inúmeras alterações congênitas.

Com alterações diagnosticadas, podem ser solicitados exames mais complexos a fim de mapear as possíveis doenças. Ainda assim, os tratamentos corretos podem ser adotados, antes mesmo da evolução do quadro.

Quais testes neonatais meu bebê precisa fazer?

 

Conheça os testes neonatais realizados na Climep e agende hoje mesmo o seu atendimento. Saiba como os testes são importantes para a vida do seu bebê!

 

Teste do Pezinho

 

O teste do pezinho é indolor e protege amplamente a vida do bebê. Através da coleta de uma pequena amostra de sangue retirada de um dos calcanhares, o teste identifica mais de 30 alterações genéticas e metabólicas.

 

Deve ser realizado nos três primeiros dias de vida, preferencialmente junto às doses das vacinas vacinas de BCG e Hepatite B. O teste do pezinho Master 4+, realizado pela Climep, é o mais completo e traz, em conjunto, mais 4 exames.

 

O grande diferencial da Climep é o uso de lancetas especiais para o teste do Pezinho. O que isso significa? Mais segurança e tranquilidade para o funcionário e para o seu bebê!

 

Teste da Orelhinha

 

O teste da orelhinha deve ser realizado ainda no primeiro mês de vida do bebê. Assim como o teste do pezinho, ele pode identificar alterações auditivas de forma precoce. O exame é realizado bem rapidamente, durando no máximo dez minutos.

 

É importante saber que o teste da orelhinha deve ser feito durante o sono natural do bebê. Funciona assim: em um ouvido é inserido um fone, que é interligado a um computador que emite sons suaves. Dependendo das respostas emitidas pelo ouvido, o otorrinolaringologista consegue avaliar a saúde da audição do bebê.

 

Em caso de alterações no teste, é solicitada uma avaliação complementar com o exame de potencial evocado auditivo de tronco encefálico – BERA.

 

Teste do Olhinho

 

O teste do olhinho é recomendado para o diagnóstico precoce de doenças oculares. Também é conhecido como teste do reflexo vermelho. O ideal é que ele seja feito ainda na maternidade, porém, é possível realizá-lo nos primeiros dias de vida, desde que em clínicas qualificadas e seguras, como é o caso da Climep.

 

Durante o teste, o oftalmologista utiliza o oftalmoscópio e direciona a luz aos olhos do bebê. Se não existirem problemas oculares, o olho refletirá tons em vermelho, amarelo e laranja.

 

Se o bebê possuir alguma alteração nos olhos, o profissional não consegue identificar as cores acima, nem um reflexo de boa qualidade. Usualmente os olhos do bebê refletem um reflexos esbranquiçados.

 

A realização do teste pode detectar o estrabismo. Além disso, 60% dos casos de cegueira infantil podem ser prevenidos apenas com o exame.

 

Clique aqui e agende seu atendimento para as segundas, quartas ou sextas-feiras. Faça os testes neonatais do seu bebê na Climep e conheça nossas inovações em prol da saúde da sua família!

 

Teste do Coraçãozinho

 

A saúde do coração do bebê também pode ser checada com testes neonatais. Nesse caso, é realizado o teste do coraçãozinho. Vale dizer que cardiopatias graves podem ser observadas ainda na gestação, utilizando como recurso o ecocardiograma fetal.

 

Também oferecido pela Climep, o teste do coraçãozinho é realizado com um oxímetro, um sensor externo. Ele é colocado na mão direita e, em seguida, em um dos pés do bebê. O teste avalia os níveis de oxigênio, que devem exceder os 95%.

 

Caso essa taxa seja menor do que 95%, é solicitada a internação do bebê para exames mais completos – uma vez que o quadro pode indicar uma cardiopatia congênita grave.

 

Teste da Linguinha

O teste da linguinha não é muito lembrado, porém, merece total atenção. É através de que a “língua presa” – chamada tecnicamente de encurtamento do freio lingual – é detectada. Quando o profissional de saúde diagnostica o problema, é realizado um pequeno corte na membrana – sem causar dor ou incômodo.

 

Vale salientar que o encurtamento do freio lingual pode interferir nas funções de mastigar, engolir, falar e sugar.

 

Teste da Imunodeficiência

 

Você sabe o que são imunodeficiências? Trata-se de um grupo de doenças de origem genética que afetam o desenvolvimento do sistema imunológico e o sistema de defesa do organismo.

 

Existem dois tipos de imunodeficiências:

 

Primárias ou congênitas (IDP)
Secundárias ou adquiridas – como a AIDS, por exemplo.

 

Para entender: a maioria das crianças nascem com imunidade suficiente para se prevenir de agentes infecciosos, inclusive os hereditários. Entretanto, há aqueles que possuem essa deficiência congênita.

 

O teste da imunodeficiência vem como um recurso que identifica precocemente as imunodeficiências no bebê, possibilitando o tratamento adequado antes que as doenças se apresentem.

 

E então, tirou as suas dúvidas sobre os testes neonatais e percebeu como eles são importantes para a saúde do bebê? Que tal agendá-los aqui na Climep? Entre em contato com a nossa equipe e solicite atendimento!

 

Vacina do HPV contra 9 subtipos do vírus é registrada pela Anvisa
Postos de saúde e Climep: quais as diferenças?
Vacina contra a dengue também pode funcionar contra a zika
Vacinação anual contra a gripe: por que é importante?
Vírus HPV atinge mais da metade dos jovens entre 16 e 25 anos
Por falta de higiene, mil brasileiros têm o pênis amputado todos os anos

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você








Atendimento por Whatsapp









Atendimento por Email









Consulte Preços








Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações