Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

GRIPE – DÚVIDAS & CURIOSIDADES

Atualizado em: 13/04/2018 às 10h10

1) Quantos tipos de vacina de gripe existem no Brasil

Existem basicamente dois: a vacina TRIVALENTE e a vacina QUADRIVALENTE. A primeira estimula o sistema de defesa a produzir imunidade para os três sorotipos virais e a segunda, para os quatro sorotipos virais contidos na vacina. Há uma tendência mundial a somente usar a vacina QUADRIVALENTE, que pode proteger mais. O Ministério da Saúde continua empregando a vacina TRIVALENTE e a clínica privada de vacinação, a vacina QUADRIVALENTE.

 

2) Quem deve receber a vacina contra gripe

Excetuando-se crianças com menos de seis meses de idade todas as demais devem ser vacinadas, tanto para benefício próprio, como dos conviventes: pessoa não imunizada, ao ser infectada pelo vírus Influenza, o transmite para cerca de dez outras pessoas; ao se tornar imune pela vacinação, ou pela infecção natural, torna-se hostil ao agente da gripe e, por não o hospedar, não o dispõe para transmissão.

Crianças entre seis meses e nove anos de idade, recebendo vacina de gripe pela primeira vez, devem ser vacinadas duas vezes, com um mês de intervalo. As demais pessoas devem repetir a vacinação anualmente antes da estação da gripe que coincide com o inverno nas regiões mais ao sul e com a estação das chuvas mais ao norte do Brasil.

 

3) Gestantes devem ser vacinadas?

Sim, gestantes constituem grupo prioritário para a vacinação por dois motivos: pelo maior risco de desenvolverem complicações no caso de serem infectadas pelo vírus da gripe; e pela transferência de anticorpos ao bebê, protegendo-o nos primeiros meses de vida.

 

4) Pessoas imunocomprometidas e com outras alterações da saúde podem ser vacinadas?

Pacientes com a saúde prejudicada constituem-se grupo prioritário para vacinação devendo ser vacinados todo ano.

 

5) Pacientes alérgicos ao ovo de galinha podem receber a vacina?

Sim! – Pacientes alérgicos a ovo podem receber a vacina para o vírus Influenza. Com o aperfeiçoamento das vacinas, de acordo com a Sociedade Brasileira de Imunizações, alergia ao ovo, mesmo com antecedentes de anafilaxia, não se constitui, mais, impeditivo para a vacinação.

 

6) Quais as reações adversas esperadas após a aplicação da vacina?

Os eventos adversos mais frequentes ocorrem no local da aplicação: dor, vermelhidão e endurecimento em 15% a 20% dos vacinados. Essas reações costumam ser leves e desaparecem em até 48 horas. Manifestações sistêmicas são mais raras, benignas e passageiras. Febre, mal-estar e dor muscular acometem 1% a 2% dos vacinados de 6 a 12 horas após a vacinação persistindo por um a dois dias, sendo mais comuns na primeira vez em que o paciente recebe a vacina. Reações mais graves são extremamente raras. Doenças podem aparecer coincidentemente após a vacinação e neste caso o paciente deve ser avaliado pelo médico assistente para exame clínico, diagnóstico e tratamento adequados.

 

7) A vacina contra gripe pode ser administrada simultaneamente com outras vacinas?

As vacinas TRIVALENTE e QUADRIVALENTE contra o vírus Influenza podem ser aplicadas simultaneamente com as demais vacinas do calendário da criança, do adolescente, do adulto ou do idoso.

 

Onde devo receber a vacina contra gripe? aqui

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você








Atendimento por Whatsapp









Atendimento por Email









Consulte Preços








Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações