Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

Sabia que Dengue, Meningite e Pneumonia estão relacionadas?

Atualizado em: 10/01/2018 às 12h15

No período de chuvas conhecido como “Inverno Amazônico”, que compreende os meses de dezembro a maio, determinadas doenças tornam-se ainda mais passíveis de contaminação. Seja por vírus ou por bactéria, Dengue, Meningite e Pneumonia configuram-se com alguns dos maiores índices de contaminação do período. Mas um fato que você talvez não saiba é que as três doenças estão diretamente ligadas. Tanto por sintomas – o que pode dificultar uma descoberta prévia da doença, dificultando assim a profilaxia – quanto propriamente pela evolução da doença, elevando a gravidade de uma possível melhora do paciente, já que uma doença pode levar a outra.

 

Segundo o portal “Médico Responde”, a Dengue pode evoluir tanto para Meningite Viral quanto para a Pneumonia Bacteriana. É importante salientar que os casos relacionados ao fato da Dengue evoluir para a Meningite Viral não são comuns, mas há a possibilidade do desenvolvimento dessa doença caso o vírus da dengue provoque algum tipo de inflamação no fígado. O próprio uso do paracetamol, por exemplo, é condenável, sobretudo, porque apesar de ser comumente usado no tratamento para Dengue, o medicamento pode causar inflamação no fígado.

 

No tocante a Pneumonia, ela pode aparecer no final do tratamento para a Dengue, podendo ser detectada pelo sintoma de extensão da febre por mais de uma semana. Também é importante salientar que assim como a Pneumonia, a Dengue pode estar relacionada ao desenvolvimento de infecções bacterianas, como otite e faringite.

 

OS PRINCIPAIS SINTOMAS DA DENGUE

A Dengue pode se desenvolver de duas formas: a conhecida tipo clássico e hemorrágica. Na primeira, os sintomas podem se manter ao longo de sete dias. No entanto, a moleza no corpo e o cansaço permanecessem por mais 15 dias. Já na Hemorrágica, por volta do 3º ou 4º dia, a pressão cai, a febre alta diminui e começam a surgir os sangramentos relacionados a doença, que inclusive são mais frequentes em pessoas que já tiveram Dengue antes.

 

Os sintomas são os seguintes:
– Dengue Clássica
Mal-estar e cansaço extremo;
Febre de 39°C a 40°C;
Dor em todo o corpo, ou principalmente, dor na Cabeça, dor no Fundo dos olhos;
Manchas vermelhas na pele;
– Dengue Hemorrágica
Sangramento do nariz e das gengivas;
Olhos vermelhos;
Palidez, pele fria e úmida;
Vômito persistente;

 

OS PRINCIPAIS SINTOMAS DA PNEUMONIA

 

É interessante observar que os sintomas da Pneumonia podem variam entre crianças, adultos e idosos.

 

ADULTOS

 

– Febre acima de 37,5°C
– Dificuldade para respirar ou falta de ar
– Respiração mais rápida que o normal
– Tosse Seca
– Tosse com catarro ou com sangue
– Dor no Peito
– Dor de Cabeça constante
– Cansaço frequentes ou dores musculares
– Suores noturnos intensos

 

CRIANÇAS

 

No caso dos pequenos, sintomas como: agitação, tremores, vômitos, diminuição do apetite e mais especificamente no caso dos bebês, choro excessivo.

 

IDOSOS

 

Na terceira idade, também estão relacionados a sintomas da Pneumonia: confusão e perdas de memória associado à febre, mais dificuldades para respirar e tossir.

 

OS PRINCIPAIS SINTOMAS DA MENINGITE

 

Os três tipos da Meningite (Viral, Bacteriana e Fúngica) podem apresentar tais sintomas:

 

– Febre alta repentina;
– Forte dor de cabeça;
– Pescoço rígido;
– Vômitos;
– Náuseas;
– Confusão mental e dificuldade de concentração;
– Convulsões;
– Sonolência;
– Fotossensibilidade;
– Falta de apetite;
– Rachaduras e presença de manchas vermelhas na pele.

 

DENGUE E PNEUMONIA PODEM TER SINTOMAS SEMELHANTES

 

Como você possivelmente percebeu, Dengue e Pneumonia têm alguns sintomas que são semelhantes, como Dor no Corpo, Febre e Cansaço Extremo, sintomas que inclusive podem estar relacionadas também a gripe comum, Sarampo e Rubéola. E quanto esses sintomas estão diretamente associados ao período de chuvas aqui no Norte do Brasil, toda atenção precisa ser ainda mais expressiva.

 

A VACINAÇÃO COMO A MELHOR PREVENÇÃO

 

A vacinação propõe-se como a melhor prevenção, sobretudo, por mais eficaz que outros meios. E inclusive, mais em conta no aspecto curto, médio e longo prazo. A CLIMEP dispõe destas e de outras vacinas:

 

– Influenza (Contra vírus que causam gripe, pneumonias e síndrome respiratória aguda grave);
– Pneumococos (Contra bactérias que causam pneumonias, otites, sinusites e meningites);
– Dengue (Contra o vírus causador da dengue clássica e dengue hemorrágica).
Entre em contato com a CLIMEP e tire todas as suas dúvidas sobre vacinação.
Previna-se!

 

Fonte: Médico Responde

 

Leia também:

 

Vacina contra a dengue também pode funcionar contra a zika
Vacinação anual contra a gripe: por que é importante?
Vírus HPV atinge mais da metade dos jovens entre 16 e 25 anos
Por falta de higiene, mil brasileiros têm o pênis amputado todos os anos

 

banner com chamada para vacinação

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você





Atendimento por Email






Consulte Preços





Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações