Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

Congo Enfrenta Epidemia De Febre Amarela Em Três Províncias

Atualizado em: 03/11/2017 às 00h12

 

A República Democrática do Congo anunciou nesta segunda-feira a existência de uma epidemia de febre amarela em três províncias, incluindo a capital Kinshasa, após o registro de 67 casos da doença. Em Angola, a doença já matou pelo menos 300 pessoas desde dezembro.

 

O ministro da Saúde Felix Kabange afirmou que sete casos são autóctones, ou seja, transmitidos dentro do próprio país, e os outros 58 foram contraídos em Angola, onde o surto começou. Até o momento, cinco pessoas já morreram vítimas da doença. Dois outros casos teriam vindo de florestas remotas, que não têm relação com o surto atual.

 

“Eu declaro hoje uma epidemia localizada de febre amarela nas províncias de Kinshasa, Congo Central e Cuango”, afirmou Kubange em entrevista coletiva.

 

Kinshasa é a principal preocupação para os agentes globais de saúde, porque tem uma população densa, com mais de 12 milhões de pessoas e uma infraestrutura sanitária precária.

 

O estoque global de vacinas de febre amarela já foi esvaziado duas vezes neste ano para imunizar pessoas na Angola, Uganda e no Congo. Atualmente, há seis milhões de doses disponíveis, mas a quantidade pode não ser suficiente caso haja surtos simultâneos da doença em áreas muito povoadas.

 

A Organização Mundial de Saúde recomenda reduzir a dose da vacina em 80%, o que garantiria uma imunização temporária por 12 meses.

 

A República Democrática do Congo relatou 1.044 casos suspeitos de febre amarela desde março, incluindo 71 mortes, segundo a OMS. De 61 casos confirmados, 53 foram ligadas a pessoas que haviam viajado para Angola. Este país informou 3.137 ocorrências suspeitas desde dezembro, com 345 óbitos registrados.

 

Fonte: O Globo

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você








Atendimento por Whatsapp









Atendimento por Email









Consulte Preços








Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações