Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

Bem Menos Crianças Hospitalizadas Após Vacinação Pneumocócica E Contra Rotavírus

Atualizado em: 02/11/2017 às 22h12

 

As vacinas conjugadas pneumocócicas e rotavírus ajudam a reduzir o número de crianças hospitalizadas devido a infecções. Este é o resultado de um estudo israelense apresentado na “Conferência Intercientífica sobre Agentes Antimicrobianos e Quimioterapia” (Interscience Conference of Antimicrobial Agents and Chemotherapy, ICAAC) da Sociedade Americana de Microbiologia em San Diego (Califórnia).

 

Cientistas da Universidade Ben Gurion em Beersheba analisaram o impacto combinado das duas vacinas em crianças com menos de cinco anos de idade em relação a hospitalizações e consultas ambulatoriais. A análise tratou do período de menos de cinco anos após a implementação das duas vacinas.

 

Achados mostraram que a hospitalização de crianças com menos de 2 anos de idade que haviam contraído diarreia devido a rotavírus diminuiu em 78 por cento. Casos de pneumonia diminuíram 46 por cento. Consultas ambulatoriais diminuíram 80 por cento (rotavírus) e 67 por cento (pneumonia), respectivamente.

 

Em termos reais, isso significa 21,5 menos hospitalizações pediátricas a cada mil crianças e 20,7 menos atendimentos de emergência. Principalmente no outono e no inverno, quando ocorre a maioria das doenças, as vacinas reduzem a carga de modo significativo, disse o autor do estudo Ron Dagan do Soroka University Medical Center.

 

Referências

ICAAC 2015

http://www.univadis.com.br/medical-news/312/Bem-menos-criancas-hospitalizadas-apos-vacinacao-pneumococica-e-contra-rotavirus?utm_source=newsletter+email&utm_medium=email&utm_campaign=medical+updates+-+daily&utm_content=513186&utm_term=automated_daily

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você








Atendimento por Whatsapp









Atendimento por Email









Consulte Preços








Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações