Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

ATUALIZE SEU CONHECIMENTO SOBRE CÁLCIO E VITAMINA D PARA A PREVENÇÃO DE OSTEOPENIA E OSTEOPOROSE

Atualizado em: 23/04/2018 às 09h33

21abr18, CLIMEP – Diretrizes recentes recomendam aporte natural de cálcio e vitamina através de alimentos e exposição ao sol. Dúvidas comuns e esclarecimentos são apresentados a seguir.

 

  • Cálcio é o principal mineral em nosso organismo
    Estima-se que de 1% a 2% do peso de um adulto seja composto pelo nutriente, sendo que 99% estão presentes nos dentes e nos ossos.

 

  • O leite e seus derivados são as principais fontes de cálcio
    O leite e seus derivados são as principais e mais tradicionais fontes de cálcio, mas existem vários outros alimentos ricos em cálcio, como o caruru, castanha do Pará e até o açaí.

 

  • Suplementos de cálcio somente devem ser oferecidos a pacientes que não conseguem obter o aporte alimentar do mineral
    A suplementação com cálcio pode ser importante para pacientes que não conseguem adequado aporte do mineral através da alimentação, mas a maioria das pessoas não apresenta necessidade de suplementos.

 

  • Leite integral e desnatado têm o mesmo nível de cálcio
    Um litro de leite desnatado contém a mesma quantidade de cálcio do que a versão integral, o mesmo valendo para os demais laticínios. O fato de ter menos gordura não interfere no nível do mineral no alimento.

 

  • A menopausa influencia na perda de cálcio nos ossos
    As alterações hormonais da menopausa levam à diminuição do nível de estrógeno, que ajuda a proteger os ossos de forma natural. Com isso, há uma desmineralização óssea mais acelerada. Mas, também os homens na andropausa passam a perder massa óssea, sofrendo maior risco de fraturas.

 

  • Alimentos ricos em cálcio são suficientes para manter bons níveis do mineral no corpo
    Mas, além de incluir alimentos ricos em cálcio no cardápio, é preciso diminuir a ingestão de substâncias que facilitam sua eliminação pela urina, como sal, açúcar, cafeína e excessos de proteína e gordura animais.

 

  • A vitamina D também é importante para a saúde óssea
  • A vitamina D é naturalmente produzida pela pele exposta ao sol e pelo consumo de carnes, peixes e frutos do mar (salmão, sardinha e mariscos), ovo, leite, fígado, queijos e cogumelos. A exposição diária da maior parte da pele do corpo ao sol forte por períodos de 15 minutos é suficiente. Para exposições superiores a 20 minutos não deixar de usar protetor solar.

 

CLIMEP, climep@climep.com.br

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você








Atendimento por Whatsapp









Atendimento por Email









Consulte Preços








Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações