Aperte “Enter” para pesquisar

Artigos

Antes De Viajar, É Bom Vacinar

Atualizado em: 02/11/2017 às 14h51

 

Pesquisas mostram que a probabilidade de se contrair alguma doença ou sofrer pequenos acidentes em viagem é maior do que no local onde se vive. Para evitar transtornos ou frustrações nas férias, alguns cuidados são fundamentais, como checar e atualizar sua cobertura vacinal e de seus familiares.

 

A atualização de um programa completo de vacinações se delonga por cerca de até seis meses, mas algumas vacinações podem ser atualizadas até 10 a 15 dias antes da viagem. Para obter a melhor composição de programa de vacinação convém consultar médico habilitado em vacinologia, pois devem ser considerados antecedentes de doenças, estado atual de saúde, idade, vacinações recebidas desde a infância, risco de doenças para onde a pessoa vai viajar, exigências sanitárias internacionais e várias outras variantes. A Climep, que vem atuando nessa área há mais de 40 anos, possui a expertise apropriada para desenvolver o esquema mais seguro e efetivo para cada situação.

 

A vacinação para febre amarela é exigência para quem vai viajar dentro do território amazônico e para outras partes onde a forma silvestre da doença é endêmica. Duas doses de vacina são suficientes para proteção vitalícia. Para viagens internacionais, uma centena de países exige o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP), da Anvisa, para aceitar visitantes. A Climep está autorizada a vacinar para efeitos internacionais e a emitir simultaneamente o CIVP. Outra alternativa é receber a vacinação antiamarílica num posto de saúde e ir à agência da Anvisa no Aeroporto Val de Cans para receber o Certificado. Mas, atenção: não deixe a vacinação para a última hora; a vacina deve ser aplicada pelo menos 10 dias antes da viagem.

 

Outra vacinação recomendada para quem vai viajar pro exterior é a do sarampo. É que, com a onda “retrô” que acometeu alguns estados americanos e países europeus, onde muitos pais têm se recusado a vacinar os filhos, o sarampo voltou a assustar. Em 2013, a Organização Mundial de Saúde registrou mais de 145 mil óbitos por causa da doença. Ano passado, a virose atingiu até os parques da Disney. Crianças de 4 a 6 anos precisam da dose de reforço. Adultos que nunca pegaram a doença e não sabem se foram vacinados na infância também é bom que se vacinem. Duas doses oferecem proteção vitalícia.

 

Outras vacinações oportunas antes de se viajar, seja dentro do território nacional ou internacional, são a da gripe e a pneumocócica, principalmente para crianças, idosos e pessoas sob tratamento médico (que estão tomando remédio diariamente).  Há outras vacinações, como as de meningite, zoster (cobreiro), hepatites e alguns tipos de câncer, também devem ser atualizadas antes de qualquer viagem. Faça uma consulta conosco e saiba como viajar tranquilo, com sua saúde e de sua família protegida.

Compartilhar
FacebookTwitterGoogle+EmailWhatsApp

Ligamos para Você








Atendimento por Whatsapp









Atendimento por Email









Consulte Preços








Assine nossa Newsletter




Receber Mais Informações